Saiba como Surgiu a Maçã do Amor e Anote 3 Receitas Surpreendentes dessa Delícia

Na primeira mordida, logo vem aquele doce, crocante e quente do caramelo, misturado ao frescor semi-ácido da maçã … Esta é a Maçã do Amor!

Hummmm!!!!! Que delicia!

É um doce clássico que nos faz retornar á infância  e aquela molecagem de se lambuzar todo até a última mordida!

A Maçã do Amor foi criada pela família Farré e teve seu registro e sua patente em 1958. Em 1960 foi colocada a primeira barraca de maçã do amor na marquise do Parque Ibirapuera, onde na época se brincava o Carnaval.

Devido ao grande sucesso, veio o convite para participar com a barraca na primeira UD, que também era realizada num antigo pavilhão do Parque Ibirapuera

A partir daí veio uma longa história de presença da maçã do amor em feiras, eventos, parques e festas juninas, firmando-se em São Paulo como uma marca registrada da cidade e conhecida internacionalmente com o mesmo nome: Maçã do Amor.

Para quem quer arriscar a fazer essa delicia, seguem 03 receitas de Maçã do Amor:

maçã do amor

Receita 1:

3 xícaras de açúcar

1 xícara de água

1e½ xícara de glucose de milho

Corante alimentício vermelho a gosto (líquido ou em pó)

Receita 2:

500 gr de açúcar 
2 colheres (chá) de vinagre branco 
1 colher (chá) de anilina

Receita 3:

2 xícaras e meia de açúcar

5 colheres de sopa de água gelada

1 colher de sobremesa de corante alimentício vermelho

1 colher de sobremesa de suco de limão

Manteiga para untar o prato ou assadeira

As receitas acima são para: 

6 maçãs pequenas e bem vermelhas

6 palitos de sorvete

O modo de preparo é igual para todas as receitas.

Prepare as maçãs:

Lave bem as maçãs, enxágue e seque.

Retire os cabinhos das maçãs e espete um palito de sorvete no lugar.

Reserve.

Como fazer a calda:

Em uma panela misture a água, o açúcar, o corante e a glucose de milho. Acenda o fogo e deixe ferver por 10 minutos para ficar uma calda que vitrifique na hora de passar a maçã.

Se tiver termômetro para doces, a temperatura da calda deve estar em 145 ºC. a 147º C (O ponto da calda é aquele logo após o derretimento do açúcar).

Quando ela estiver pronta, retire-a do fogo.

Para que não esfrie e resseque, mantenha um banho-maria pronto, caso necessário.

Segure as maçãs pelos palitos e mergulhe uma a uma inclinando um pouco a panela, para cobrir toda a maçã de uma só vez. Retire devagar e deixe escorrer o excesso da calda.
Em seguida, coloque-a rapidamente em uma assadeira abundantemente untada com manteiga.
Deixe esfriar e endurecer a casca de caramelo antes de servir. e deixe esfriar normalmente.

Dicas: 

  • O ponto da calda é quando pingando um pouco da mesma em um copo com água, a mesma deve formar uma bolinha dura.
  • Recorte quadrados de papel celofane transparente (30×30 cm), e enrole cada uma das maçãs amarrando com uma fitinha colorida .
  • Polvilhe as maçãs, depois de caramelizadas, com confeitos ou granulados para dar um toque especial                                   Bon appétit!