Bolo de Rolo: Delícia de Pernambuco aprovada até pelo o Papa

Bolo de Rolo

 

O Bolo de Rolo, iguaria oriunda dos portugueses, foi introduzido no Brasil unicamente pelo Estado de Pernambuco. O verdadeiro bolo de rolo, muitas vezes comparado a outros tipos de “Bolos Enrolados” como Rocambole, bolo de goiaba, entre outros, tem uma receita e forma única de ser feito.

Sua origem está na adaptação do bolo português “colchão de noiva”, uma espécie de pão de ló enrolado com recheio de nozes. Ao chegarem aqui, os portugueses passaram a trocar o recheio pela goiaba, fruta abundante no nordeste brasileiro, sempre dosada com muito açúcar dos engenhos da região.

Até hoje é comum polvilhar-se o bolo de rolo com açúcar em sua camada externa, arrematando a apresentação da sobremesa. 

Durante muitos anos esse bolo ficou restrito aos senhores de engenho, e posteriormente aos governadores de Pernambuco, se tornando popular posteriormente.

Era servido como sobremesa ou lanche. Um visitante ilustre não poderia sair de uma casa, sem degustar uma fatia de bolo de rolo. Dessa maneira, foi sendo utilizado como forma de estreitar os laços de amizades, como forma de agradecimento, como presente e até para “amolecer corações”.

Até o papa João Paulo II, quando da visita ao Recife, em 1980, provou uma fatia.

Passando a ser cada vez mais conhecido e divulgado, o bolo-de-rolo ganhou fama e começou a ser feito em praticamente todos os estados do Nordeste brasileiro, embora o original de Pernambuco guarde características diferentes tanto no sabor como na maneira de fazer. 

Turistas e até pessoas de outros estados, “encomendam” o doce a algum amigo ou parente quando têm oportunidade.

Pela Lei Ordinária Nº 379/2007 o bolo-de-rolo foi reconhecido como patrimônio imaterial de Pernambuco.

Receita: 

BOLO DE ROLO

Massa:

500 grs Manteiga sem sal 

250 grs Açúcar refinado peneirado 

08 Ovos 

500 grs Farinha de trigo peneirada

Recheio:

700 grs Goiabada 

100 ml Água

Modo de Preparo:

1. Recheio: Leve ao fogo a goiabada com água, mexendo até obter uma pasta, retire do fogo e deixe esfriar, divida em oito porções. 

2. Massa: Bater a manteiga na batedeira até ficar clara, junte o açúcar aos poucos e bata por cinco minutos, acrescente as gemas (peneiradas), uma a uma e bata até obter um creme fofo e claro.

3. Diminua a velocidade da batedeira e adicione a farinha, os poucos até obter uma massa homogênea.

4. Bater as claras em neve, junte as claras batidas delicadamente com uma espátula a massa.

5. Unte uma assadeira de 28 cm x 48 cm, forre com papel manteiga untado e espalhe uma xícara da massa, usando uma faca ou uma espátula para a camada ficar uniforme.

6. Leve ao forno pré-aquecido a 120°C por 4 minutos. A massa não deve dourar. 

7. Montagem: Espalhe uma parte da goiabada derretida sobre a massa. Com a ajuda do papel manteiga, enrole como rocambole, deixando-o com a beirada livre para emendar na outra massa. Repita essa operação até terminar a massa.

8. Deixe o bolo esfriar, corte as pontas, passe o bolo para o prato de servir.

Polvilhe açúcar refinado!

Bon Appétit!